terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Meus cachorros e eu

Outro dia fui assistir o filme "Marley e Eu", adaptação do livro de mesmo nome, e ocorreu uma situação muito curiosa durante a sessão: quase todas as pessoas choravam no fim, inclusive eu. Já vi muitos filmes. Filmes que representavam tragédias, heróis e inocentes morrendo, diálogos emocionantes e etc... Mas nunca tinha ouvido a tantos narizes entupidos em uma sala de cinema, nunca mesmo.
Diante deste fato podemos concluir que as pessoas são muito apegadas a cachorros. Eu sou um cachorreiro assumido, não posso ver um cachorro abandonado que já quero pegar pra cuidar. Tenho quatro cachorros que eu amo de paixão e que são essenciais para minha vida.
O mais incrível sobre os cachorros, e que é destacado pelo filme e livro, é que um cão não precisa de muito para se tornar seu fiel escudeiro. Ele não quer saber se você é negro ou branco, não quer saber se você tem dinheiro, não se importa com suas roupas ou com sua beleza, ele só quer seu carinho, seu amor. Tendo isso ele se torna uma criatura entregue a você, que brinca com qualquer graveto ou bola de borracha. Ter cachorro é uma terapia. Você chega do traalho em um dia estressante, onde ninguém te deu bom dia, mas seu cão esta lá na porta, abanando o rabo, louco pra te lamber e mostrar o quanto te ama.
Hoje resolvi fazer um post dedicado aos meus cães. Quero apresentar um pouco de cada um deles.

Bin
Entrou para a família em 2001, ainda filhote. Nós morávamos e um apartamento pequeno e o Bin conseguiu destruir muitas coisas la dentro, era um terrorista, tal como Osama Bin Laden, por isso ele acabou ganhando esse nome. Ele ja foi processado por latir demais, me fez chorar, foi meu companheiro em tardes solitárias, já perdeu um dente numa briga com outro cachorro, late para a chuva e é muito carinhoso.



Capitu
A Capitu chegou com 6 anos na minha casa, com uma missão: ser a "esposa" do Bin. No começo foi difícil, eles não se deram muito bem, na verdade, a Capitu é muito chata com cachorros, o Bin teve que suar pra conquistar ela, mas conseguiu. Juntos tiveram 10 filhotes, a "Pitu" foi uma mãe muito protetora, mas teve depressão pós-parto, não deixa o Bin chegar perto dos filhos. Ela é muito carinhosa com as pessoas, as vezes melosa demais, já tirou um tumor e hoje vive uma boa aposentadoria.


Bruce
Ele chegou filhote em 2006. Tinha uma pata torta e o veterinário achava que nunca ia se recuperar, mas ele é surpreendente. O Bruce é um labrador alegre demais! Ele tem 3 anos e age como uma criança. Os labradores em geral são comportados, o Bruce não. Ele até me obedece, mas geralmente esta muito feliz para isso. Come tudo o que vê pela frente e adora jogar bola




Flor
Ela tem a história mais dramática de todos. A Flor foi jogada de um carro em movimento junto de um filhote dela. Minha mãe pegou e acolheu os dois. A Flor é cega, e suspeitamos que não é por doença e sim por mutilação. Ela tem medo de qualquer barulho mais forte, chega a tremer quando escuta o cortador de grama. Não sabemos a idade dela. Ela se tornou uma fiel companheira do Bruce, nos dias de frio dormem juntos - apesar dele comer a comida dela.

Ta tocando no iPod: One Of Us - Joan Osborne

22 comentários:

  1. não tenho sorte com cachorros...
    o ultimo enlouqueceu...
    de raiva por sinal...
    talvez por causa do excesso de mimo...

    ResponderExcluir
  2. Como isso é possível, geral ta falando que chora com o filme... To com medo de ver, mas não sei o que faria sem meu cachorro... rsrsrs
    Belos cachorros, parabéns pelo blog

    ResponderExcluir
  3. O livro é infinitamente melhor que o filme...!!!
    Cachorro enche a casa de alegria...é amor incondicional

    ResponderExcluir
  4. Eu amo animais,amo cachorro!

    Amo principalmente labrador,raça linda!

    http://mundoemdebate-bmv.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. São os únicos que amam e não exigem nada em troca...
    Tenho dois em casa,gosto muito deles,Tive outros que já morreram e foi muito dificil para todos em casa pq gostavamos demais deles!

    http://oitentando.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Nossa. .. parabens ... vc tem um grande talento pra cuidar de cachorros ... rsrs ... eu num consegiria

    ResponderExcluir
  7. nossa...4 cachorros em casa? Corajoso vc, hein!
    Nao gosto mto d epoodle, mas aaaaaamo labrador, e o seu é lindo!

    ResponderExcluir
  8. não são poodles!!

    são misturados!!! ;D

    o Bruce é o único com "Raça" q é labrador

    ResponderExcluir
  9. muito bonito a sua historia com os cachorros,eu tenho três e os amo muito,pretendo criar uma ong quando crescer para recolher animais na rua para doação!!quem sabe dá certo!!!

    um dos meus é esse que tá na foto ele numca sai direito nas fotos rsrsrsrs

    parabéns pelo blog amigo,está muito bom e criativo!!!dá uma passada no meu depois vlw!!!!XD

    ResponderExcluir
  10. Ohhh, que lindooo! Amo, amo, amo cachorros loucamente. Mais que gatos.
    Também já tive quatro cachorros, mas eles se foram... de velhice, outra ocmeu veveno de rato... enfim... A dor quando eles se vão é horrível. Parece que levaram uma parte sua. =/

    Muito legal a atitude da sua mãe. TÔ morando em apartamento agora, mas tô pensando em adotar um cachorro.

    Beijos!
    ;*

    ResponderExcluir
  11. aaaaa... eu tbm sou assim!!!
    a minha foi atropelada, snifff...

    coincidência ou não, semana passada adotei o Pitoko, ele é virtual, mas é muito fofis ^^

    beijão

    ResponderExcluir
  12. Você tem razão, quando fui assistir Marley e Eu, era uma choradeira louca! Admito que eu chorei um pouco quando ele morreu... Mas o filme é muito bom...
    Eu só tive 1 cadela até hoje, que se chama Taty. :D

    Abraços!
    http://blogataverna.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Que lindos os cachorros, os nomes também!
    Mas animais são assim, eles nos fazem felizes e sofremos com perdas, quando ficam doentes, etc...

    ResponderExcluir
  14. Eu tbm amo cachorros! Nem gosto muito de ver filmes de cachorros pq eles são sempre mal tratados e eu sempre choro. è o único tipo de filme q eu choro...

    hsuahs

    visite o meu! ;D

    ResponderExcluir
  15. Gosto bastante de cachorros, mais só quando ñ fazem merda hehe
    tem hr q eles são enjoados pra caramba.
    tenho 4 cachorros quando latem todos juntos tenho vontade de matar eles kkkkkkkkkkkkk

    bom blog!

    ResponderExcluir
  16. eu to lendo o marley e eu, é lindo! e eu adoro cachorro tu sabe que eu gsoto! mas agora, o Bin EU ODEIO ELE! suihaiushaosuahsuiahs tu sabe muito bem pq! suahsouas mas olhando a carinha dele ate deu saudade! mas não eu nao gosto dele! =x siuahsuiahsaus

    beeeeeijos!

    ResponderExcluir
  17. a Iazana esta assim pq uma vez foi mordida pelo Bin, mas estamos mandando um cartão de desculpas com alguns brindes para ela...

    no fundo ela ama esse cachorrinho ;D

    ResponderExcluir
  18. uma veez?
    suahsoiuhashuahs
    FORAM DUAS ¬¬
    na mesma perna ainda ¬¬
    aiushuiahsa

    mas vim aqui pra me redimir
    falei mal do bin pq ele me mordeu e nao gsota de mim
    mas eu adoroo de paixao o bruce
    esse sim!
    GO BRUCE! ;]

    ;*

    ResponderExcluir
  19. História para cachorro nenhum botar defeito ( sem graça isso , né? )

    Aqui em casa temos 3 XD
    Pode faltar tudo, mas cachorro é que não falta.

    ResponderExcluir
  20. Cara, adoro animais em geral,já tive um cachorro, mas minha paixão são os gatos!

    Já tive tantos.
    Em seis meses inclusive perdi dois gatos.
    Julh passado, meu gato mais velho (Frajuto, 7), não voltou para casa. Foi encontrado morto na casa da vizinha. Em dezembro, a mais novinha (Riana, 1) foi atropelada por uma moto e morreu dois dias depois, após um rompimento no fígado. Ela teve uma hemorragia interna. Tudo complição do atropelamento.

    Agora tenho apenas a Carola, que faz 2 anos dia 26 desse mes.
    E minha mãe quer ter uma cachorrinha, mas ainda vai demorar.

    Cara, cuida bem desses bichinhos (já vi que isso não vai ser problema), curti o blog. Sucesso na vida!

    Ah sim, já ia esqueçendo.
    Ainda não vi o filme Marley & Eu, mas li o livro, eu me emocionava em quase todos os capítulos, auhsuahsuhas.

    ResponderExcluir
  21. ola amigos eu estou muito triste pois eu tinha duas cachorrinhas uma chamava mafalda e a outra se chamava petunia so que eu tive que da las porque meu marido nçao gosta de cachorros e de tanto ele me infernizar eu dei as duas e tambem onde eu morava era um lugar insfestado de carrpatos e eu nao podia cuidar dela s direito.a petunia e a poodle e a mafalda e a basse hound que inclusive era velhinha ja.

    ResponderExcluir

Obrigado por estar aqui.
Comente! Afinal este espaço também é seu.