segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Minha primeira vez no planeta

Eu sou gaúcho. Na realidade, eu sou um péssimo gaúcho. Pois bem, eu não tomo chimarrão, acho que é água quente com uma erva verde de origem suspeita, não sou muito fã de churrasco e, talvez meu defeito mais grave, não acredito que o Rio Grande do Sul possa ser um país. Tenho que admitir que sou uma merda de gaúcho, mas em 2009 decidi que era a hora de mudar. Tentar no mínimo falar um "tchê" no final das frases mais fortes - pelo menos eu começo com um "bah".
Desde 1996 acontece na praia de Atlântida um festival que reúne várias tribos, foi criativamente nomeado de Planeta Atlântida. Para nós gaúchos o "Planeta" é o maior festival musical que existe no Brasil. Para alguns é maior até que o tal de woodstock. O Planeta existe há 13 anos, ganhou um reconhecimento nacional (é transmitido pelo Multishow), atrai pessoas de outros estados e o "gaúcho" aqui nunca tinha ido. Era uma ofensa as tradições. Eu temi ser perseguido nas ruas, quem sabe ser exilado para São Paulo? Nãããããão!
Eu tinha que ir. E eu fui. Meio resistente, mas posso garantir que foi uma experiência inesquecível!
Foram muito shows, para quase todos os gostos. Abaixo vou fazer uma pequena análisede cada show eu curti lá.
PRIMEIRO DIA
Papas da Língua + Chimarruts
Bandas gaúchas! Comecei bem minha tragetória para ser um bom gaúcho. Foi o primeiro show que assisti. Depois de pegar uma estrada tranquila até o final e um engarrafamento grotesco na entrada da cidade, ainda cheguei a tempo de curtir essas duas agradáveis bandas. O Chimarruts cantou músicas antigas, que me lembraram muito minha adolescência, já o Papas mostra que cada vez mais tem potencial para fazer sucesso além da fronteira. Destaco a sincrônia das duas bandas e a bela homenagem que fizeram ao mestre Bob Marley (era aniversário dele dia 6 de fevereiro). Cantaram uma versão perfeita de "Could Be Love" - pena que não achei um vídeo bom para postar, tava perfeito mesmo!
Marcelo D2
Quem me conhece sabe: eu tenho horror ao D2. É uma implicância, não é algo lógico ou sensato. Eu simplesmente não acredito nele como rapper, pra mim existem caras muito mais talentosos que ele e que não têm o mesmo reconhecimento. Eu fui contra a vontade para o show dele, mas fico feliz em dizer que saí surpreso com o que vi. O cara tem uma presença de palco muito boa, sabe conduzir a platéia... Calou a minha boca. Vou dizer que até cantei umas músicas do Planet Hemp e alguns sucessos da carreira solo.
Ivete Sangalo
É difícil encontrar alguém que não curta a Ivete. Até existe, existe um monte, mas afirmo que é impossível ir num show dela e se manter parado. No fim você vai estar pulando e cantando, bem feliz da vida - posso apostar com quem quiser. Até achei que o show não foi perfeito, ela cantou muita música que eu (e a maioria) não conhecia., mas quando ela puxou os sucessos a galera saiu do chão e levantou poeira.
Marinália
Eu não fui para ver Martinália, na realidade eu fui para curtir um show da dupla Claus & Vanessa (aqui do RS). Mas parece que ouve um atraso e acabei vendo o show da Martinália que rolava por lá. Peguei o show pela metade, mas deu pra ver que ela tem um talento admirável.
Exaltasamba + MV Bill
Era o show que eu estava mais ancioso. Foi o show que mais me decepicionou. Não sei se é porque eu estava cansado, mas achei que o Exalta cantou poucas músicas conhecidas e não levantou a galera como poderia. Claro que ao puxar as clássicas a galera acompanhou e se animou, mas achei que houve muitos hiatos entre uma música e outra. Sei lá, prefiro acreditar no cansaço mesmo. O MV Bill apareceu no palco por uns minutos. Acho ele um baita rapper só que achei que ele não tava muito a vontade ali. Cantou "Estilo Vagabundo", eu curti.
SEGUNDO DIA
Skank + Negra Li
Na minha opinião o melhor show do Planeta. Aliás, uma pequena crítica, uma banda como o Skank não pode praticamente "abrir" o dia, tem que ficar pra mais tarde, merece um público maior. Cara, o Skank é mestre no Planeta. Souberam como levantar o público como ninguém! Tocaram sucessos de várias épocas e não deixaram ninguém parado. Me arrepiei quando eles puxaram o "Vamos Fugir", me lembrei de momentos inesquecíveis da minha vida. A diva Negra Li subiu ao palco e arrepiou no microfone - lamentavelmente ela não cantou uma música própria.
NX Zero
Não tenho muito o que falar. Fui meio "obrigado" ao show deles, me senti um peixe fora d'água pois não conhecia nenhuma música. Achei que os garotos têm estilo, mostram que podem ser uma banda firme no cenário nacional. Gostei quando o vocalista (que minha falta de conhecimentos juvenis não permitem lembrar o nome) falou que a música não permite preconceitos, que deve existir respeito entre todos os estilos e que uma mistura é sempre interessante - onde eu assino?
O Rappa
Não tem o que comentar, O Rappa é foda! É uma das maiores bandas que o Brasil já teve. Suas letras são políticas, mas não falta ritmo. A galera levanta, pula e canta todas as músicas - até as novas! Legal a homenagem que o Falcão fez para a banda gaúcha Ultramen - que infelizmente decidiu dar um tempo no ano passado. O Rappa deu um show...
Moptop
Pra mim o Moptop é uma banda de futuro. Só tem que variar um pouco nas letras e nas melodias, mas os garotos tem estilo e talento. Fui lá conferir o show deles num dos palcos paralelos. Eles pareciam meio nervosos, ainda são novos, mas o show tava legal. O público é que não ajudava - tinha pouca gente que sabia as letras das músicas, mas acredito que dentro de alguns anos eles podem chegar ao palco principal, talento eles têm.
Jota Quest
A banda mineira é outra que sabe como tocar no Planeta. Já têm anos de experiência, sabe que lá não é lugar de lançar novidades ou de inventar. Eles tocaram o que todo mundo esperava, os sucessos que todos queriam ouvir. Peguei pela metade, mas curti a parte que ouvi.
Vitor e Léo
Ta aí o mistério do Planeta. Até um mês atrás eu não tinha idéia de quem eram esses dois. Não acreditei quando cheguei a conclusão que o maior público do palco princiapl foi deles... Todo mundo sabia as letras, todo mundo! Menos minha namorada e eu. Mais uma vez me senti um et no planeta. Não entendo como o sertanejo era odiado pela juventude e agora eles são saudados como a maior atração do festival. Qual a diferença deles para o Bruno e Marrone? Para a família Camargo? Alguém me explica!? Minha explicação: modinha é uma doença que ainda não tem cura.
Tributo a Tim Maia
Último show. Não quis ficar e ver o show robótico do DJ Astrix (que eu chamava de Asterix). A galera nunca tinha ouvido falar do cara, mas todo mundo era fã - modinha denovo. Decidi ir curtir o show da banda Tributo a Tim Maia. Sou fã do Tim. A banda era boa, o músico era bom, mas ele tinah um defeito - era muito parecido com o Tim Maia, mas não era o Tim Maia. Sabe a mania que o Tim tinha de falar durante a música? O cara tinha! Sabe a mania que ele tinha de implicar com o público? Ele tinha! Sabe a mania que ele tinha de viajar? O cara tinha! Só que o Tim Maia era o Tim Maia, aquele era só o Jorjão fazendo um cover... O show tinha tudo pra ser perfeito, amas ele começou a repetir as músicas e reclamar do público, daí estragou um pouco, mas deu pra curtir...
Ufa...Cheguei em casa as 5 da manhã nos dois dias...Posso garantir que valeu a pena. Cansei de escrever.

10 comentários:

  1. Uau! Deve ter sido ótimoooo!

    Olha, eu sou de BH, mas posso dizer que sou uma péssima gaúcha pelo fato de não achar de forma nenhuma que o Rio Grande do Sul possa ser um país e, é claro, por não ter o sotaque e não usar as girias de vocês. Agora, o chimarrão e o churrasco eu não recuso não! Adooooooro! hahahah.

    Beijo;*

    ResponderExcluir
  2. O Rio Grande não pode ser um país. O RS, SC e PR podem :D
    huahua, brincadeirinha de uma paranaense orgulhosa.
    Eu adoro o sul e morro de vontade de conhecer seu estado! Principalmente a cidade de Gramado.
    E, eu gostaria de ter ido no Atlantida.
    E, eu iria cantar todas as musicas do Vitor e Léo.
    huahauhau
    Mentira, nem todas. Mas aqui eles são famosos, sabia?
    hauhauahu

    Beeijos, otimo blog ^^
    ____________
    www.mahhferreira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. hauahuhaua que massa! É sempre bom mudar um pouco, para conheçer coisas nosas e gente nova. Sair da rotina!

    ResponderExcluir
  4. Obrigada por visitar meu blog. Realmente é difícil escolher a profissão, acompanho há muitos anos a dificuldade dos estudantes nesta tarefa, por isso resolvi fazer o blog, para contribuir um pouco com quem precisa dessa orientação.
    Seu blog té legal, sou de São Paulo, mas tenho grande admiração pelo Rio Grande do Sul e pelos gauchos.

    ResponderExcluir
  5. Tributo ao Tim deve ter sido o melhor show!

    Quanto a sua 'não guachês'...

    Bem, é melhor queimar carne do que queimar a rosca ...rs

    ResponderExcluir
  6. Eu ja tinha ouvido falar mas nunca fui... UIAHSUIA
    Voce tem medo de ser exilado para SP ? :(
    Poxa vida.. aqui é tão legal! HAUHAUA

    Nossa, eu tambem tenho uma certa implicancia com o D2, eu acho que ele não percebe que passa em rede nacional.. e fica falando coisas que induzem as pessoas as drogas!
    O cumulo seria colocar ele numa propagando do governo falando para os jovens nao usarem drogas!
    Nao gosto dele e ponto final.

    Adorei as criticas em geral.
    _
    Ah, sim.. quanto ao seu comentário.
    Todos ja passamos ou vamos passar por algo parecido.. só que foi tão intenso aquele momento... eu me senti um ET. hauahauahau
    justamente como voce no planeta!

    ResponderExcluir
  7. Rio Grande do Sul, quem diria.
    Concordo, tenho horror ao D2 mesmo, música horrível, voz pior ainda e já botando o filho pra trampar.

    Que bom que você não come tanta carne, está no caminho.

    Eu conheci uma família gaúcha aqui, nunca me ofereceram chimarrão, é igual mate? Tá certo, você não é Maria vai com as outras ué, continua sendo original então.

    Agora, Skank, nossa queria ter visto!

    Tem razão, poderia mudar o nome para Bala Má.

    ResponderExcluir
  8. eu sou APAIXONADA por vitor e leu e ivete e NUNQUINHA fui pra um show deles, e vc foi ¬¬¬¬¬¬¬³ mas tabom [superando] assim tipo, eu so nordestina e ODEIO forro comofaz? mas tipo, se aqui onde ue moro tivesse esse "Planeta" eu ia sem nem queixar, e tu teve a chance de ir esse tempo todo e só decidiu ir ESSE ANO Oo lokomeo.

    ResponderExcluir
  9. Eae Fábio! Engraçado, estava vendo umas comunidades no orkut sobre o o movimento separatista ai no sul dias atrás...

    Sempre pego alguns áudios do planeta atlântida... qualquer dia eu vou ai, mas primeiro eu irei no festival de verão de salvador, hahaha.

    *** Estou retornando à internet agora.. acho que vou fazer outro blog, uma coisa mais profissional, kkkk..

    Abraço!

    ResponderExcluir
  10. fabioooo
    o planeta é a melhor festa do brasiiil
    é arrepiante....é emocionante
    todooo mundo cantando juntoooo
    e todo mundo gritadno "AH EU SOU GAUCHO" é de arrepiiiar!
    pra miim os melhores shows foram ivete, jota quest e vitor e leo \o
    ameei ^^
    \o
    bejooo

    ResponderExcluir

Obrigado por estar aqui.
Comente! Afinal este espaço também é seu.