quarta-feira, 13 de maio de 2009

O grande show do Oasis

Adolescência é um perído complicado e cheio de insegurança. Isso você já deve estar cansado de saber. Adolescente é chato, reclama de tudo, é maldoso ou medroso, depende do seu "status" social. Eu era um cara timído aos 13 anos de idade. Daqueles que fala pouco, arrisca poucos movimentos e tenta ser discreto o tempo todo.
Nem acreditei quando em um belo dia minha professora de inglês pediu um trabalho um tanto quanto esquisto para fazer. Precisavamos cantar uma música em inglês! Pior. Criar um CD e encorporar o artista. Imagina isso pra mim que era tímido? Minha vida pacata se tornou um breve filme de terror. Não conseguia imaginar um final feliz, a não ser meus colegas rindo da minha performace. Não sabia nem a música que iria cantar. Até que um dia meu primo me mostrou uma banda inglesa, de uns caras que não falam muito com o público, são arrogantes, brigam entre si e fazem uma excelente música. Ele me apresentou o Oasis. O cartão de visita não poderia ser melhor: Wonderwall. Me apaixonei pela música, pelo estilo da banda. Era isso. Por um dia seria um dos irmãos Gallagher - já que tinha um colega como dupla. Fiquei dias ouvindo a música até decorar a letra - até hoje é a única que eu sei cantar sem enrolar.
A apresentação foi incrível. Fingi que era o arrogante Noel, era mais fácil. Coloquei a mão nos bolsos e fingi que a platéia nem existia. Aquilo me ajudou muito, porque precisei de muita coragem para subir no palco e fazer isso. Uma coragem que me motivou a fazer outras coisas. Por isso, considero o Oasis uma das bandas mais marcantes da minha vida e Wonderwall uma música fundamental na minha trilha sonora.
Ontem pude ver o show do Oasis de perto e saber se imitei bem. Foi emocionante ver Liam e Noel, distantes na personalidade, mas próximos musicalmente. Impossível descrever em palavras a emoção que senti quando ouvi ao vivo a música que marcou a minha vida, confesso que me arrepiei. Lindo ver o público em sintonia com os caras, principalmente quando eles tocaram "Don’t Look Back in Anger". Sem citar os outros clássicos como Rock’n’Roll Star, The Masterplan e Champagne Supernova. Foi incrível. Foi uma daquelas noites especiais, que custam a fugir da memória.
Ah. Sabe aquele papo de arrogantes? É só lenda, aliás deve ser marketing. Pelo menos aqui, eles foram muito simpáticos. Agradeceram a platéia, interagiram com ela de forma animada e sem frescura.
Gostaria de agradecer a Nathália, minha namorada, por ter me dado essa oportunidade. Se não fosse o descontão que ela conseguiu no ingresso eu não teria ido. Agradeço também por sua presença em mais um momento inesquecível.

Setlist do show:

Fuckin in the Bushes (vinheta de abertura)
Rock’n’Roll Star
Lyla
The Shock of the Lightning
Cigarettes & Alcohol
The Meaning of Soul
To Be Where
There’s Life
Waiting for the Rapture
The Masterplan
Songbird
Slide Away
Morning Glory
Ain’t Got Nothin’
The Importance of Being Idle
I’m Outta Time
Wonderwall
Supersonic
Don’t Look Back in Anger
Falling Down
Champagne Supernova
I Am The Walrus

8 comentários:

  1. Cara, Oasis é demais, fiquei até com inveja de você que foi no show... rs brincadeira. Mas a banda é muito boa mesmo, sinceramente, acho que pouco ligo se são arrogantes ou não, o bom é que ninguém faz músicas mais significants e interessantes que eles hoje. E poucas bandas mantiveram tanto fôlego depois do fim dos anos 1990. Sinal de música boa e música que sobrevive ao tempo.

    Abraço

    P.S.: O Lágrimas da Chuva mudou de nome e de foco, naum sei se você chegou a visitar. O nome agora é Gramophonica, e eu acabei me assumindo como um cara que quer falar de música. Estou pensando em colocar um dia da semana para um assunto diferente, por enquanto a quarta-feira é selada como o dia da letra de música. Enfim, se quiser dar uma olhada, o novo endereço é esse aqui: http://gramophonica-blog.blogspot.com/

    P.S.2: Só para me vingar, em Junho vou no show do The Kooks em SP, mal posso esperar. Por falar nisso, você chegou a ouvir a banda depois da indicação no antigo Lágrimas?

    ResponderExcluir
  2. Oasis não marcou minha vida. Aliás, nunca parei para pensar, mas acho que banda nenhuma marcou minha vida. Eu também já fui tímida, mas a transição do que eu era para a pessoa completamente desinibida (até mais do que deveria) que sou hoje, aconteceu de forma natural por incrível que pareça...
    Há algum tempo atrás fui ao show de uma de minhas bandas favoritas, Iron Maiden. Pude sentir a emoção.. É ótimo né?!
    Bom essas duas hitórias eu ainda pretendo contar em algum dos meus blogs (sim, agora tenho dois!).

    BEijoo;*

    ResponderExcluir
  3. Adorei a sua história! Deve ter marcado mesmo, há algumas músicas que marcam períodos legais da nossa vioda e isso é super legal, porque quando ouvimos a música novamente isso nos emociona de certa forma que é inexplicavel!
    _
    Obrigada pelo seu voto! :D

    Tava sumido hein! Eu estava meio sem tempo, mas andava pensando em passar por aqui, só que o tempo sempre foge do meu controle!
    Beijao!

    ResponderExcluir
  4. uma boa historia de enfrentamento de seus medos cara...isso cabe a todos nós termos....que buscamos sempre um meio de enfrenta-los...de contorna-los...somos seres que todos os dias somos obrigados a enfrentar os nossos desafios...a superar todos os obstaculos...uns chamam isto de carma...outros de destino...cabe cada um dar o nome que quiser...mais cabe no principal a nunca fugirmos de nós mesmos....

    ResponderExcluir
  5. Oasis é simplesmente foda. Esquecendo todos os poréns da banda e dos irmãos Gallagher, o show deve ter sido muito bom mesmo. Pena que eles não vieram aqui em BH, ia dar um jeito de ir com certeza!

    Don't look back in anger é das músicas que não ficariam fora da minha trilha sonora. Ia ficar todo arrepiado!

    ResponderExcluir
  6. Caraca!

    Você guardou todas as músicas que rolaram no show! Fantástico!

    Ow! O Oasis é o show, fala sério! Também curto demais!

    Abração. Belo texto!

    Abração.

    Pedro Antônio - A TORRE MÁGICA

    ResponderExcluir
  7. fabioooooo!
    olha eu aquii!
    só pra provar q eu ainda visito quando sobre tempoo!
    adorei o post!
    e o show deve ter sido realemnte mto emocionante, pq eles sao uma baita bandaaa!
    \o/ que booom que vc gostou!
    tee amoo
    saudadonaas!
    beijooo

    ResponderExcluir
  8. Belo post, Fabio.
    E belo show também. :)

    ResponderExcluir

Obrigado por estar aqui.
Comente! Afinal este espaço também é seu.