sábado, 23 de outubro de 2010

Caçando palavras

Um dia eu cansei.
É. Cansei mesmo, como todo mundo cansa. Sim, porque todo mundo cansa algum dia. Uns cansam sem motivo, outros cansam com motivos e tem até que cansa sem saber se tem ou não motivo. Cansar é normal, faz parte da vida. Cansar é até bom, se você aproveita para parar, respirar e refletir sobre a vida. Jamais canse e pare no tempo para sentir pena de si mesmo. Isso só te cansa mais, te induz à desistência.
Eu cansei de palavras vazias. Isso mesmo, palavras vazias. Vocês provavelmente convivem com elas todos os dias. É uma praga social, que muitas vezes ilude e conforta corações desesperados por atenção.
Também cansei do vazio, da solidão. É, eu convivo muito com a solidão. Às vezes por minha culpa, às vezes não. Eu juro que tento melhorar, ser mais simpático. Gostaria que as pessoas entendessem mais meu ar blasé. Gostaria que elas entendessem que isso é uma proteção, não um ataque. Eu tento parecer indiferente porque isso me torna menos vulnerável. Só que no fundo, eu sou a pessoa mais preocupada do mundo. Outro dia eu salvei uma barata da morte. Eu me preocupei com a vida de uma barata! Isso me torna uma pessoa boa? Talvez. Um pouco esquisito, eu sei.
Essa solidão me cansa. Suga todas minhas energias. Por causa delas eu saio por aí abraçando palavras vazias, querendo o mínimo de atenção possível. Percebi que as Redes Sociais são a maior fonte de palavras vazias do mundo. Ali você pode puxar um assunto com cara de mau humor que ninguém liga. O problema é que a maioria dos assuntos não te leva a nada. Cansei das Redes Sociais, quase excluí todas elas essa semana. Não fiz porque eu não mato uma barata.
Desculpe leitores, eu sei que esse texto está enrolado. Veja isso como um desabafo, e desabafo não respeita ordem alguma.
O fato é que percebi como necessitamos de atenção, como somos carentes. Eu me achava solitário, mas no fundo praticamente todo mundo é um pouco. Tem gente que tem 500 amigos ou mais em uma Rede Social na Internet, mas não é capaz de dizer 2 coisas sobre a maioria delas. Pior, capaz das 500 pessoas nem saberem qual é a cor preferida dela. Os contatos são muito vazios, superficiais.
A humanidade caça atenção, os mais espertos caçam palavras. Palavras raras, que enchem a vida de significado. Conversas que evoluem sua existência. Frases que podem ser curtas e mesmo assim tornar o seu dia mais feliz. Isso não se encontra em qualquer lugar, senão não seria raro. Isso não é oferecido por qualquer um, porque para merecer palavras assim, você deve ser merecedor.
E essa é a minha nova motivação.
Cansei de cansar. Vou sair por aí, caçando palavras raras.

Ao som de: The Kids Are Alright – The Who


Obs.: Amigos blogger, estou em dívidas com vocês. Pagarei com juros!

4 comentários:

  1. Eu gosto de ser sozinha, sabe?
    Não sei explicar direito, é como se eu odiasse "a sociedade", devo ser sociofóbica.
    Procuro as palavras que PRA MIM fazem sentido, não uso uma ou outra porque é mais bonita e me deixa com cara de cult (aliás, odeio gente assim).
    A verdade é que quando eu estou sozinha, eu me conheço melhor e mais que isso, sei que tem pessoas que realmente gostam de mim, não algumas 500 que nem sabem como eu gosto de ser chamada.

    Não sei se isso fez algum sentido...

    Que bom que voltou! :D
    Espero o agamento! :P

    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Cara, todo mundo cansa dessas palavras vazias de vez em quando. A verdade, no entanto, é que algumas delas são necessárias, às vezes. E até terapêuticas. A gente só precisa ter discernimento para perceber, uma hora ou outra, que elas são vazias, e continuar buscando, sempre, por uma que não o seja.

    Uma palavra que se tornou muito vazia ultimamente é AMOR, querendo ou não. Se ódio é uma palavra tão forte, porque jogamos o amor ao vento, por aí, sem nem mesmo nos importarmos? Certas coisas são demais para entender. E é disso que eu me canso as vezes, sabe?

    Abraços! :D

    ResponderExcluir
  3. USHAUSHAUSHUAS, adorei seu post.
    Ganhou uma nova seguidora. Me segue tbém ? http://raylanelaeda.blogspot.com/

    Passarei sempre por ai.

    Cansei e ficar cansada. ;*

    ResponderExcluir
  4. Palavras vazias cansam mesmo. Mas tenho pra mim que todo mundo é meio solitário, porque praticamente todo mundo busca apoio nessas palavras vazias para ser relacionar, se sentir alguem num mundo qualquer.
    De vez enquando, palavras vazias também podem ser pilares para a construção de relacionamentos nos quais as palavras mais significativas vão tomando forma...

    O que eu quero dizer, Fábio, é que talvez não haja como fugir por completo. Palavras vazias fazem parte... Mas eu te entendo bem, acho.

    ResponderExcluir

Obrigado por estar aqui.
Comente! Afinal este espaço também é seu.