sexta-feira, 1 de abril de 2011

O comercial da Coca-Cola

“Os únicos interessados em mudar o mundo são os pessimistas, porque os otimistas estão encantados com o que existe”.
José Saramago





Eu não gosto do novo comercial da Coca-Cola.
Me chamem de chato, eu vou entender. Afinal, todo mundo ama o novo comercial da Coca-Cola.
Perdi as contas de quantos amigos já postaram este vídeo no Facebook. É a sensação do momento, só perde do Zangief Kid. Ninguém ganha do Zangief Kid, nem a Coca-Cola.

Enfim. Sou um idiota, sou tudo o que vocês acharem. Serei apedrejado, como Maria Madalena, mas vou sem medo. Tô nem aí.
Como eu posso acreditar em um mundo bom com tanta merda acontecendo ao meu redor? Como vou ignorar isso? Só porque a Coca-Cola me traz uns argumentos fracos que não me dizem absolutamente NADA?
Vou provar que esta propaganda da Coca é enganosa, feita pra agradar bobo.

Vejamos o texto:

Para cada pessoa dizendo que tudo vai piorar
100 casais planejam ter filhos

E daí?
Desde quando casais planejando ter um filho tornam o mundo um lugar melhor?
É claro que o nascimento de uma criança é sempre um momento maravilhoso, alegra um lar, fortalece uma família. Não discordo disso. Amo crianças, amo ver pessoas felizes com a notícia de uma gravidez.
Mas penso que casais responsáveis devem pensar muito bem antes de colocar uma criança nesse mundo. O primeiro pensamento deveria ser de angústia, de dúvida. Um casal responsável olha o mundo ao seu redor e pergunta "mesmo assim ele será feliz?". Porque inicialmente, casais responsáveis devem pensar o pior, para depois analisar como irão superar essas dificuldades. Casais otimistas demais, na minha opinião, são irresponsáveis e até egoístas.
O mundo precisa dos pesssimistas, mais do que dos otimistas! O otimismo é bom quando é aplicado no momento certo, no momento de ação. Ser otimista na teoria é ser bobo.
E quer saber mais?
Podemos ter 100 casais planejando ter um filho, e do outro lado teremos 1000 bebês que nasceram por "acidente". São crianças que nascem com um destino amaldiçoado. Algumas (a maioria) não têm pai, outras não têm mãe. Grande parte delas cresce sem um ambiente adequado para crescer. Rodeadas de dor. Elas vão ter uma educação precária, no início vão sentir medo e, se isso não for superado, no futuro odiarão o mundo.
Mas tudo bem, 100 casais planejam ter um filho.

Para cada corrupto
Existem 8 mil doadores de sangue

Hã? Não entendi a relação. Sou burro, só pode.
Enquanto um corrupto faz um estrago gigantesco, 8 mil doadores de sangue não são suficiente para atender à demanda de um banco de sangue. Estou mentindo? Quantas campanhas implorando por sangue você já viu por aí?
 Nosso país tem um sistema afetado diretamente pela corrupção. Aliás, neste sistema capitalista que vivemos, que até hoje foi o sistema menos ruim que inventaram, a corrupção é a mãe de todos os problemas! TODOS. Violência urbana, trânsito, falta de educação, hospitais precários... Tudo tem origem na corrupção.  Então, me diz como 8 mil doadores de sangue vão consolar a minha tristeza pela existência de um corrupto?

Enquanto alguns destroem o meio ambiente
98% das latas de alumínio já são recicladas no Brasil

Olha, até gostei da notícia. De todas foi a melhor das informações. Porém... Por que as latas são tão recicladas? Porque dão dinheiro! Não é porque as pessoas são conscientes e blábláblá. Nós não somos!
Eu mesmo, procuro colocar o lixo nos recipientes certos, mas nem sei pra onde vai. Sendo sincero, eu nem sei separar o lixo direito. Outro dia descobri que devemos lavar a caixa de leite antes de colocar no lixo. Faço isso? Geralmente não! E não porque eu não quero, mas porque esqueço. E esqueço porque não há uma conscientização, não há uma cultura de reciclagem, pois, num panorama geral, não estamos nem aí pro destino do lixo. Sabemos por cima que faz mal pro Meio Ambiente e só.
Claro que isso aparentemente está mundando e é uma ótima notícia. Nos últimos anos a conscientização ambiental ganhou força, mas só vou abrir um sorriso quando isso for cultural, for hábitual entre as pessoas. Até lá seguirei emburrado.

Para cada tanque fabricado no mundo
São feitos 131 mil bichos de pelúcia.

Me nego a comentar isso.

Na Internet AMOR tem mais resultado que MEDO
E quantos sites de pedofilia?

Para cada arma que se vende no mundo
20 mil pessoas compartilham uma Coca-Cola

Bom, esse é o tiro no pé da propaganda. Se até agora você tava achando tudo lindo, admirando a atitude da Coca-Cola, esta é a hora que você tem que perceber que tudo não passa de um comercial pra vender refrigerante.Não percebeu? Bom, então prefiro que você me odeie mesmo.

Existem razões para acreditar, os bons são a maioria.

Que razões são essas? Eu não vi razão nenhuma nesse comercial! O mundo vai ser melhor por que tem mais bicho de pelúcia do que tanque de guerra? Por favor!
Eu admiro comerciais institucionais, mas esse da Coca debocha da minha inteligência. Claro que todo comercial tem uma segunda intenção, mas comerciais bem feitos tem uma sutileza ímpar. Esse não é sutil, na minha opinião. Ele é manipulador.
Ok, talvez você que está lendo isso não caiu nessa, só achou o comercial bonitinho, mas sabe que o mundo tem problemas. Tudo bem, mas tem muita gente que caí. É assim que nasce a alienação e a maioria dos nossos problemas. 
As pessoas se emocionam com as crianças cantando (o que foi golpe baixo), acham que tudo vai melhorar se abrirmos uma Coca-Cola. Que coisas estão sendo feitas e agora podemos ficar tranquilos que em breve teremos motivos para comemorar, afinal, os bons são maioria (se são porque o mundo está assim?).

Sabe Matrix? É mais ou menos assim que vejo o mundo. Pessoas mergulhadas em um mundo fictício, sem enxergar que estão aprisionadas em um sistema que as limita. “Vamos achar que tudo está bem, assim não precisamos nos mexer pra nada”.
Posso estar exagerando, mas nesses meus 3 anos de estudos sobre a comunicação, vi muita coisa que feriram meu senso ético, muita propaganda que foi além da segunda intenção. Coisas que inclusive fazem eu refletir se quero entrar nesse meio.  

Outro dia li uma frase do Roberto Menna Barreto que me chocou: “Publilcidade não faz parte do sistema, Publicidade É o Sistema”. Pior que ele tem razão.


E você? O que achou do novo comercial da Coca-Cola? 

3 comentários:

  1. Fabio, arrasou na crítica!
    Concordo com você sem tirar nem pôr!
    Ainda acrescento uma coisa na parte sobre as crianças: quem garante que elas serão educadas adequadamente? Quem diz que elas serão cidadãs de caráter? É uma coisa que não dá pra afirmar. Sou do grupo que acredita que o problema do mundo são as pessoas...

    Ainda não tinha visto a propaganda e achei bem babaquinha.

    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oi, sou a Coca Cola e vim salvar o mundo. Porque assim como dividir uma coca cola te deixa imune a um tiro de bala perdida, abraçar um ursinho de pelúcia garante sua sobrevivência na guerra.
    ¬¬'

    Quando assisti a esse video pela primeira vez, estava até achando legal. Isso até aparecer o Coca Cola no final... Pra mim, foi isso que estragou a mensagem de que coisas legais ainda existem no mundo.

    ResponderExcluir
  3. A Coca-Cola teve comerciais mais, como você bem disse, "sutis". Mas de qualquer forma, essa discussão sobre o pessimismo e o otimismo é eterna. Eu sou partidário do realismo, se você me perguntar. Às vezes, criar expectativas irreais pode nos dar a dose de "analgésico" que precisamos por uma noite ou por um momento, mas é preciso saber sair disso. Como escapismo, como incentivo para a "arte de acreditar", gosto desse comercial. Mas ver o mundo assim é besteira. Ainda mais quando a Coca coloca esse final que inverte todas as expectativas e mostra, como você disse, o "a publicidade É o sistema". Acho que é bem isso. É colocar as pessoas para creditar que tudo vai indo bem.

    Esse ideal de otimismo eterno que a Coca-Cola vende não é legal nem saudável. Prefiro as mensagens da Apple, por exemplo. Enfim, acho que a gente precisa mudar o mundo sim, e o que esse comercial nos dá como mensagem é "o mundo tá ótimo! vamos relaxar e tomar uma Coca-Cola". Bom, eu nunca gostei de Coca, então, whatever... rsrs

    Abraço Fábio! (: Excelente texto!

    ResponderExcluir

Obrigado por estar aqui.
Comente! Afinal este espaço também é seu.