quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Estranho

Sabe uma coisa que eu acho estranho?

Vivemos em um país sem um sistema de saúde decente (onde mesmo tendo um plano de saúde particular, você demora meses pra conseguir uma consulta). Nossa educação é precária e nossos professores ganham um salário miserável. Nas cidades, é comum nos depararmos com favelas, onde pessoas vivem em condições sub humanas. Assistimos dramas de pessoas passando fome e frio nas ruas. Nossas crianças estão viciadas em crack. Nossos jovens desistiram da revolução. Nossos adultos desistiram dos jovens. E nossos idosos foram esquecidos por todos. A violência urbana nos deixa impotente, já que sofremos com a falta de segurança pública. Nosso salário não acompanha o preço das coisas. E os políticos olham tudo isso e ainda dão risada da nossa cara.

Com tantos problemas, com tantas coisas para se preocupar e para mudar, é INACREDITÁVEL que as pessoas percam tempo com a homofobia. É estranho perceber que as pessoas gastam energia e pensamentos criticando e julgando os gays, quando poderiam usar isso por causas mais nobres, mais importantes. É surreal constatar que os gays são tratados como criminosos, que são vítimas de manifestações violentas, só porque optaram por um jeito diferente de sentir prazer, de amar.

Isso é um problema sério. Essas pessoas estão interferindo da individualidade do outro. Estão definindo o que é certo ou errado, baseados em NADA. São pessoas que não devem nada para os inquisitores de séculos atrás, nem para os nazista de décadas atrás. Querem impor uma verdade, uma cultura. O pior de tudo: gastam o NOSSO tempo também. Porque quem acha a homofobia um absurdo gasta tempo lutando contra ela. Com tantos problemas para resolver, temos que procurar uma solução para a homofobia, quando ela nem deveria existir, porque é atrasada demais para esse mundo, para esse tempo.

Homofóbicos sentem medo de gays. Não deveriam. Os gays que eu conheço, são pessoas maravilhosas, com um coração imenso. Pessoas homofóbicas acham que ser gay é ser imoral. Outro erro. Imoral é julgar os outros, é ser preconceituoso, é ser violento com quem discorda de você. O maior erro, o maior pecado da humanidade, que deveria ser rechaçado pela sociedade chama-se intolerância.

Mas as pessoas preferem gastar seu tempo discutindo a intimidade alheia. Além de inútil, isso é estranho. Muito estranho.


Tá tocando no iPod: Big Poppa - Notorious B.I.G.