quinta-feira, 24 de novembro de 2011

As 7 pragas do Face


Um dia você já amou o Orkut, lembra? Assim como, talvez, tenha curtido um bate-papo no Mirc ou no ICQ. O fato é que você (se tiver uma certa “experiência”) já passou por muitas Redes Sociais e sabe que todas elas tem uma vida útil. Um dia surge algo mais atualizado que provoca uma migração digital.
Atualmente, a Rede das Redes é o Facebook. É a mais completa, mas um dia será superada. Não sei quando. Pode ser em 10 meses ou em 10 anos. Não sei mesmo, não quero ser profeta. No entanto, analiso sinais. E há muitos sinais que indicam perigo para a criação de Mark Zuckerberg. Eu as chamo de “7 pragas do Facebook”, veja quais são.

Lições de moral
Uma coisa legal do Facebook é que você pode compartilhar sua opinião sobre as coisas que acontecem no mundo. Mas tem gente que abusa. E abusa até se tornar chato. É insuportável ver as pessoas pregando VÁRIAS lições de moral. E, na maioria das vezes, lições furadas, cheia de hipocrisia e superficialidade. É o tal do opinar por opinar...

Fotos macabras
Animais mutilados, pessoas deformadas, acidentes, cenas pornográficas... Meu Deus! O Facebook virou uma caixa de surpresas desagradáveis. Você senta, abre o site pensando que  vai relaxar e tudo se torna tenso quando se depara com essas coisas no seu Feed. O pior de tudo é perceber a ingenuidade dessas pessoas, que acham que estão prestando um serviço à comunidade, quando na verdade só estão propagando o mau gosto.

Caio e Clarice
Nada contra esses dois grandes autores. Nada mesmo. Tudo contra quem banaliza sua obra. Todo dias você tem que ler umas mil citações de um deles. Isso não é homenagem, isso é desvalorização. Desvalorização da palavra, do sentido. Quem é fã de verdade sabe do que eu estou falando, pois odeia ver a palavra do seu ídolo inserida em qualquer contexto. E tem algo mais grave acontecendo: frases que eles não escreveram, são creditadas a eles. E por que isso acontece? Por causa da maldita banalização! Aposto que nem os dois gostariam dessa "moda".


Intolerância
Seu time perde o campeonato e você tem que encarar uma chuva de provocações. As engraçadas você até curte, mas aí se depara com as ofensivas. O cara com ódio do mundo resolveu usar a vitória do time dele pra despejar tudo que sente. Pronto. Ninguém gosta de ser provocado, às vezes você responde e  isso começa uma discussão que pode acabar com uma amizade. E eu só dei o exemplo do futebol, que é o mais banal possível. O face fica insuportável em período eleitoral ou quando o povo está dividido com um assunto (exemplo atual: Belo Monte). As pessoas andam intolerantes, principalmente com as opiniões alheias. Do nada você tá discutindo até com quem não conhece. Isso acontecia nas comunidades do Orkut, mas agora tem plateia: seus amigos. Aí vira uma bagunça, porque um entende errado e já se mete, outro fica brabo com o que você disse e assim por diante. O que era pra ser uma Rede Social, se torna uma Guerra Social.

Síndrome de famoso
O Facebook existe pra você compartilhar coisas legais com seus amigos. As pessoas te adicionam e gostam de ver seus momentos felizes, suas sensações, seus sentimentos e pensamentos. Porém, tem sempre aqueles que abusam. Tem gente que conta cada detalhezinho da sua vida, como se isso fosse importante pra todo mundo. Posta TUDO que faz, mas tudo mesmo. E posta sem parar, até o momento que o excluir ou o ocultar se tornam valiosas opções.

Jogos
Aposto que todo mundo já abriu o Facebook ansioso por ver que tinha uma notificação e se decepcionou quando descobriu que era apenas mais um convite para o CityVille. Todo mundo já passou por isso. E acredito que todo mundo odeia passar por isso. Esse inconveniente acontece porque o jogo exige que o jogador faça convites para ganhar alguns prêmios. Alguns se submetem, outros não. Também tem as missões que forçam você a fazer pedidos no mural. Essas são inevitáveis se você quer avançar no jogo, mas convenhamos, é meio chato fazer isso. E, como sempre, tem os exagerados, que passam o dia fazendo pedidos e, como consequência, ganham  a antipatia de boa parte dos seus amigos.




Textos fakes
Pra mim essa é a pior praga do Face. Todos dias rola um ou mais textos com conteúdo e qualidade duvidosa no Facebook. Os temas são variados. Desde o aviso da Polícia Federal até o perfil da “mulher de verdade”. Chamo de "fakes" porque são assinados por pessoas ou entidades conhecidas, que nem imaginam que isso foi escrito. E as pessoas postam sem pesquisar se aquilo é legítimo ou não. Nessa categoria entra também aquelas montagens mal feitas que procuram explicar verdades mentirosas. O sujeito pega uma foto, encaixa num contexto equivocado e jura que aquilo vai comprovar o que ele fala. Faz montagens com comparações irreais, apenas pra dizer "viu como eu tenho razão?". 



Lembrando que isso tudo é só minha opinião, gostaria de saber a sua. O que acha do Facebook atualmente? Concorda com as pragas que eu citei? Tem outras pra sugerir?

Participe, eu curto isso.