terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Solidão



Eu não quero mais sua companhia. Por favor, vá embora. Cansei de te aturar. Cansei de gostar de você. 

Não me agrada mais. Pior. Me atormenta. Tenho nojo de você.

Sério, como pude gostar tanto?

Como pude preferir você a meus amigos? Aos convites pra diversão? Como?

Como?

Foi um erro. Um erro que atrasou minha vida. E que não sei se tem como remendar. A dor é forte, tão forte que muitas vezes penso que não devo existir. E levo isso a sério. O que me assusta...

É culpa sua, sabia? SUA!

Então, por que continua aqui?

Eu odeio você, Solidão. Odeio! Pare de gostar de mim. Pare de me procurar.

Antes que eu deixe de existir.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por estar aqui.
Comente! Afinal este espaço também é seu.